Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TERRA MOLHADA

PROMESSA DE FRUTOS MADUROS, DE ABUNDANTES COLHEITAS... BÊNÇÃO DAS PRIMEIRAS CHUVAS DE VERÃO... DOCE PERFUME DE TERRA MOLHADA...

TERRA MOLHADA

PROMESSA DE FRUTOS MADUROS, DE ABUNDANTES COLHEITAS... BÊNÇÃO DAS PRIMEIRAS CHUVAS DE VERÃO... DOCE PERFUME DE TERRA MOLHADA...

DESPERTAR...

Manietas-me

Com a seda dos teus cabelos

Preenches

As breves horas do meu sono

Sonho

Que te deitas a meu lado

Aqueço-me

Na tua cútis em brasa

Sonâmbulo

Percorro-te a periferia

Tateio

Imaginários contornos

Exploro

Um venusiano monte

Inspiro

No cimo de duas colinas

Desperto

E a eréctil solidão

Ocupa

A cama pela metade

Vazio

Está o espaço ao lado

Concluo

Que sonhei

Porque não encontrei

Cabelos

Calor

Sinais de vénus

Colinas

Apenas te inventei

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.